Administração, Comércio Eletrônico

A empresa preparada para o e-comércio

Mais um exemplo de como o curso online, do Ead – Sebrae, de Internet Para Pequenos negócios é muito bom! Neste módulo foi ensinado quais são as etapas que constituem a preparação da empresa para o comércio eletrônico.

O e-comércio não se limita unicamente a venda online, num processo que passa pela escolha do produto e sua compra através do site da empresa na Internet. O e-comércio engloba também:

  1. Realização de orçamento online.
  2. Disponibilidade de catálogo eletrônico.
  3. Plano de acesso aos pontos de venda.
  4. Gestão em tempo real da disponibilidade dos produtos (estoques).
  5. Pagamento online.
  6. Acompanhamento da entrega.
  7. Serviço pós-venda.

A Empresa

O empreendedor deve estar preparado para laçar-se ao e-comércio. Em uma visão  geral, os cuidados devem estar relacionados a dois focos de atuação: o front e o  back office. O front office (frente do balcão) e o back office (atrás do balcão) são utilizados geralmente para descrever segmentos da empresa (ou do sistema de informação) dedicadas, respectivamente, à relação direta com o cliente e à gestão da própria empresa.

Outro exemplo emblemático da experiência tecnológica da população brasileira foi a adesão aos caixas eletrônicos nos bancos – que demandam cada vez menos assistência para o uso.

 Front Office

É a parte frontal da empresa, a frente do seu balcão visível pela clientela.

 Back Office

É o conjunto de processos internos da empresa, que ficam “atrás do balcão”: produção, logística, estoques, venda, contabilidade, gestão dos recursos humanos, etc. O back office também trata do conjunto das partes do
sistema de informação às quais o usuário final não tem acesso.

O empreendedor deve garantir, ao aderir ao e-comércio que as atividades de front e back office estejam funcionando bem. Existem empreendedores que lançaram-se no e-comércio e não conseguiram atender à demanda. Dessa forma, os principais cuidados são:

  • Tornar eficaz as relações da empresa com seus diferentes parceiros e fornecedores.
  • Controlar os custos internos e externos.
  • Tornar fluido o processo de trabalho e rápida a circulação de informação internamente.
  • Manter canais para ouvir o cliente e responder rapidamente às suas demandas.
  • Manter sob controle os diferentes processos da cadeia logística: compras, abastecimento, gestão de estoques, transporte e manutenção.

Requesitos para uma boa loja virtual

Uma boa loja virtual tem as cinco características fundamentais:

  • Um catálogo eletrônico online que apresenta os produtos disponíveis para venda, mostrando o preço e a disponibilidade de estoque.
  • Um espaço para ajudar o cliente a encontrar facilmente um produto. Um espaço onde ele digita o que procura (marca, gama de preços, palavra-chave, etc).
  • Um sistema chamado “carrinho de compras” que mostra o que o cliente já comprou dentro da loja.
  • Um sistema de pagamento seguro que dê confiança ao lojista e ao comprador.
  • Um sistema de acompanhamento das encomendas.

O curso é muito bom, recomendado para qualquer empreendedor que deseje atuar na Internet. Saiba mais

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s